domingo, 23 de maio de 2010

Motivo

Nos dê um motivo  para isso tudo ser verdade. Para que não tenhamos inventado ou fantasiado nada. Para que as possíveis mágoas, sejam só possibilidades e nunca concretude. Para que a gente ainda acredite que o amor possa se dar pela troca livre, desrregrada , onde nós possamos nos reinventar sem recriminações e pudores. Nos diga algo. Nos diga que valeu, que existimos de fato uns para os outros. Um motivo para que esse encontro possa ser reencontro, um dia. Um motivo para que possamos voltar.

" Eu ia tentar suicídio. Mas uma amiga tentou antes de mim e no final das contas eu desiti, porque sofri muito vivendo tudo aquilo. Então eu achei melhor procurar vocês e ver se algo aqui poderia mudar isso que eu estou sentindo."  MARCELO

" Entre a gente fica uma sensação de não-mudança. Eu sinto, eu acho, que a gente meio que ficou parado desde quando tudo acabou" JOAQUIM

" Hoje eu acho que se a gente ainda fala nisso ou pensa ou esquece ou lembra, é pelo simples fato de não termo encontrado uma palavra que desse conta de tudo que vivemos juntos. AMOR NÃO VINGOU. Continuamos em busca de uma palavra incapaz de se nomear" SABRINA

Nenhum comentário:

Postar um comentário